Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Parabéns, campeões!

Não o fiz anteontem e, por isso, começo por vocês. Miguel Almeida, Chen Shi Chao, Aruna Quadri, Diogo Chen, Bode Abiodun e João Seduvem. Director, treinador e jogadores do nosso ténis de mesa que, na passada sexta-feira venceram a quinta competição nacional consecutiva e se sagraram bi-campeões nacionais.

O Sporting a mostrar a sua excelente escola de mesa-tenistas que, ladeados por outros grandes atletas formam uma equipa praticamente imbatível.

Foi o 34º título do ténis de mesa do Sporting Clube de Portugal. Parabéns a todos os que o tornaram possível!

 

Ontem foi um dia fantástico e, perdoem-me os mais velhos, mas começo pelos miúdos. Nestas idades não é o mais importante mas muitos parabéns às equipas de benjamins e infantis pelos títulos distritais alcançados, em disputas bastante niveladas com o eterno rival.

Continuem a divertir-se a jogar futebol, aproveitem e festejem todas as vossas conquistas. Vocês são o futuro do Clube.

 

Deixo o melhor para o fim e sigo com os juniores que, para mim, sem surpresa e com todo o mérito são os novos campeões nacionais, tendo feito a festa em casa do bi-campeão do escalão.

Uma geração fantástica, com alguns dos campeões de juvenis do ano passado, parte deles campeões europeus de selecções no escalão sub-17.

Grande trabalho de Tiago Fernandes e da sua equipa técnica e grande empenho e dedicação de todos os jogadores que, juntos, alcançaram a glória merecida.

Parabéns a todos e, agora, assumo que já estou em pulgas com aquilo que será o destino de todos na próxima época, entre a equipa principal, equipa B, empréstimos ou mesmo a continuação no escalão, sendo evidente que, na minha opinião, alguns precisam de saltar etapas.

Têm a palavra os responsáveis do Clube. O futuro de cada um está entregue aos próprios. A partir daqui só ficam os mais fortes, aptos, inteligentes e empenhados. Boa sorte a todos!

 

Termino com o 25º título europeu da história do Sporting, 2º no andebol, que repetiu a conquista de 2010 na Taça Challenge.

O Sporting provou em em jogo o favoritismo teórico e não deu hipóteses aos romenos do Potaissa Turda, cilindrados em Lisboa por nove golos de diferença e derrotados em casa com seis golos à maior.

Demonstração clara de força e a evidência que este Sporting tem plantel com qualidade para outros voos.

Mas não se pense que foi fácil apenas pelas diferenças de qualidade entre as equipas. O Sporting foi sério, respeitou os adversários e deu tudo para não deixar escapar este troféu.

Especialmente nos dois jogos da final e mais ainda no jogo de ontem, viu-se na equipa um foco total nas tarefas a desempenhar em campo, garantindo que o adversário não sonharia nunca com uma reviravolta. 

No final, ganhámos categoricamente na Roménia, um dos países com maior tradição na Taça Challenge que, no final, viu os seus adeptos de pé, rendidos à qualidade da maior potência desportiva de Portugal.

 

Uma palavra especial ao nosso treinador, Hugo Canela. Assim que este assumiu a equipa, apenas nos primeiros três jogos sentiu-se um ambiente diferente. As mudanças implementadas rapidamente melhoraram a prestação da equipa que chega a esta fase da temporada com hipóteses de fazer um inédito "triplete". O Professor ganhou o meu respeito com a forma desassombrada com que na temporada passada não poupou os seus atletas nem analisou a temporada com "paninhos quentes". A mudança de mentalidade parece estar a acontecer. O Sporting voltou aos títulos e esperemos que esta possa vir a ser uma semana histórica. Aconteça o que acontecer, o "mister" tem a minha confiança para a próxima temporada.

 

Aos jogadores, todos, sem excepção, o meu obrigado! Foram de um profissionalismo e empenho extremos ontem, têm-no sido esta temporada, mesmo nos momentos maus, onde nunca ninguém se escondeu, num grupo que sempre deu a cara.

Esse mérito ninguém vos pode tirar. São homens de carácter e, talvez por isso, foram bafejados com a pontinha de sorte que por vezes nos tem faltado.

Quarta-feira poderemos aproveitar essa sorte (que também deu trabalho, como é óbvio) e recuperar um título nacional que não vencemos há demasiado tempo. Está nas vossas mãos e, se já duvidei antes que pudéssemos alcançá-lo, tenho agora mais "certezas" de que será uma realidade.

Vocês merecem!

 

Nota final para a menos mediática mas não menos importante (por todos os motivos e mais alguns) vitória no campeonato nacional de goalball, onde o Sporting fez primeiro e segundo lugar e se sagrou bi-campeão, depois da vitória no ano passado, época de estreia da modalidade no Clube. Parabéns a todos!

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal