Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

O "emagrecimento" do plantel: Iuri Medeiros

Bruno de Carvalho afirmou num post no facebook que o plantel será encurtado para fazer face à situação competitiva em que nos encontramos, em que apenas disputamos uma das quatro competições em que entrámos.

Na minha opinião, o plantel nem precisará de reforços para colmatar lacunas, pois temos essas mais-valias nos nossos quadros. 

Dizer simplesmente que Iuri Medeiros, Francisco Geraldes, Ryan Gauld e Daniel Podence fariam mais do que alguns dos jogadores do nosso plantel pode ser considerada uma análise subjectiva, por estar sujeita aos meus gostos pessoais ou inúmeros outros factores menos "palpáveis".

Assim sendo, vamos a números. Começo com Iuri Medeiros (dados do site whoscored.com):

Iuri Medeiros.png

É evidente a análise dos números se torna num mero exercício aritmético, até porque o estilo de jogo ou caudal ofensivo do Boavista nada tem a ver com o do Sporting mas, tentemos ser objectivos.

 

Os números de golos e assistências não diferem muito dos apresentados pelos extremos mais utilizados do nosso plantel.

Iuri é, juntamente com Bryan Ruiz, aquele que mais passes para ocasião faz por jogo. No entanto, faz menos 12 passes por jogo do que o costa-riquenho, o que lhe limita as oportunidades de ser mais bem sucedido no parâmetro anterior.

A baixa taxa de sucesso no passe deve-se à menor segurança na posse do jogo do Boavista, pelo que, considero a disparidade dos números perfeitamente normal.

Nos parâmetros defensivos (defeito que vejo apontar indiscriminadamente ao açoriano) vejo números semelhantes aos dos três jogadores comparados e parece-me que se tem criado um mito relativamente ao pouco empenho do jogador nas tarefas defensivas (ou isso ou não vêm os jogos e, por isso, pouca legitimidade têm para criticar).

 

De todos, Iuri é mais parecido com Bryan Ruiz. Mais cerebral, lê o jogo como poucos. Não imprime no jogo a velocidade de Campbell ou Gelson nem traz a imprevisibilidade que ambos aportam, embora seja forte no 1x1. Usa sobretudo a sua qualidade de passe para queimar linhas e traria uma qualidade na marcação de todas as bolas paradas que nenhum jogador do nosso plantel possui. Neste momento, tendo a conta a forma de Bryan Ruiz, acho que Iuri poderia ter um impacto muito positivo no jogo do Sporting.

Porque o post ficaria muito extenso, guardarei as análises dos restantes jogadores para as publicações seguintes. Parece-me interessante e espero que gostem.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal