Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Como os maiores da Europa...e do Mundo

Não sei se sou um homem do desporto porque sou do Sporting ou se sou do Sporting por ser um homem do desporto. Sei que tenho esta particularidade, mais comum nos Sportinguistas, de gostar de desporto e de várias modalidades, muito para lá do gosto pelo futebol.

Sou um apaixonado por futebol e foi a única modalidade que pratiquei federado mas sinto que podia ter-me igualmente apaixonado por qualquer outra, da mesma forma que me enamorei pelo "desporto rei".

Mas não é de futebol que falo hoje. Falarei de uma modalidade que me vem conquistando ao longo dos anos, muito pela qualidade dos atletas do nosso Clube, que emprestam à sua disciplina um empenho e qualidade tremendas e, porque não dizê-lo, uma beleza incomum em outras modalidades.

 

Temos campeões europeus, mundiais e olímpicos nos nossos quadros, atletas unanimemente considerados dos melhores do Mundo nas suas especialidades. Nomes como Rui Patrício, Alex Merlin, Pedro Gil, Carlos Ruesga, Patrícia Mamona, Aruna Quadri, Emanuel Silva, Madjer, Diogo Abreu, Alexis Santos, Pedro Fraga, João Costa ou Jorge Fonseca estão entre os melhores do Mundo e, para além destes, tantos outros ou mais ainda ficaram injustamente por nomear.

 

Terminei com Jorge Fonseca por ser um dos principais motivos do meu apreço pelo judo. Gosto igualmente de todos os nossos judocas, sejam do género feminino ou masculino mas, pela agressividade do seu judo, pela audácia e pela energia que transmite no tatami, Fonseca, ainda com apenas 24 anos, é o meu favorito. Fiquem com um vídeo, onde o autor o apelida de "The Killer".

Serve esta publicação para realçar os excelentes resultados que o nosso judo tem alcançado internacionalmente.

Neste mês, Jorge Fonseca foi medalha de bronze no Grand Slam de Paris e no passado fim-de-semana Anri Egutidze (20 anos) e Sergiu Oleinic (31 anos) foram 5ºs no Grand Prix de Düsseldorf.

Joana Ramos e Taciana Lima fazem, igualmente parte do projecto Sporting Olympics e são, também elas, judocas de topo. Miguel Alves (18 anos) integra já o programa olímpico e Maria Siderot promete ser a próxima.

 

Termino com as novidades que as listas actualizadas dos rankings mundiais revelam;

Sergiu Oleinic entrou ontem no top 10 mundial e é 10º na hierarquia dos -66kg.
Jorge Fonseca Manteve a 15ª posição na categoria -100kg.
Anri Egutidze subiu 52 posições no ranking de -81kg e é agora o 56º do Mundo.
Taciana Lima saiu do top 10 mundial em -46kg mas mantêm-se à porta. É neste momento 11ª.
Joana Ramos perdeu uma posição e é agora 28ª, na categoria -52kg.

Três atletas entre os 15 melhores do Mundo, uma com posição sólida nos 30 melhores e o jovem Anri em franca ascensão, no seu primeiro ano como sénior, entre outros judocas de enorme valor.

Parabéns a todos e à nossa secção de judo, que é mais um caso de sucesso no Sporting Clube de Portugal.

 

Nota: Esta publicação pode "ofender" Pedro Madeira Rodrigues

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Resultados do fim-de-semana

FUTEBOL

Seniores / Estoril 0-2 SPORTING CP / 3º lugar (-10 pontos) Resumo
Equipa B / SPORTING CP 2-Desp. Aves / 20º lugar (-33 pontos; -4 que o 16º = Manutenção) Resumo
Juniores / Rio Ave 0-1 SPORTING CP / 1º lugar (+2 pontos)
Juvenis / SPORTING CP 6-2 Belenenses / 1º lugar (= pontos) Resumo
Iniciados / Belenenses 0-2 SPORTING CP / 1º lugar (+1 ponto)

 

FUTEBOL FEMININO

Seniores / SPORTING CP 1-0 Sp. Braga / 1º lugar (+3 pontos) Resumo
Juniores / Estoril 1-4 SPORTING CP / 1º lugar (+10 pontos)

 

FUTSAL

Seniores (Vencedores da Taça da Liga)
1/4 Final / Sp. Braga 1-6 SPORTING CP Resumo
1/2 Final / Modicus 2-5 SPORTING CP Resumo
Final / SPORTING CP 4-0 Fundão Resumo
Juniores / Modicus 1-3 SPORTING CP / 2º lugar (-1 ponto)
Juvenis / SPORTING CP 8-3 Burinhosa / 1º lugar (= pontos)

 

FUTSAL FEMININO

Seniores / Posto Santo 1-7 SPORTING CP / 2º lugar (= pontos) Apurado para a fase final Resumo

 

ANDEBOL

Seniores / SPORTING CP 40-23 ISMAI / 2º lugar (-6 pontos) Resumo
Juniores / Estarreja 28-33 SPORTING CP
              / Benfica 25-21 SPORTING CP / 2º lugar (-5 pontos) Apurado para a fase final
Juvenis B / Évora AC 25-19 SPORTING CP / 2º lugar (-2 pontos)
Iniciados B / Odivelas 27-16 SPORTING CP / 4º lugar (-2 pontos)

 

HÓQUEI EM PATINS

Seniores / Candelária 2-5 SPORTING CP / 4º lugar (-8 pontos) Resumo
Equipa B / SPORTING CP 17-5 Naval Setubalense / 1º lugar (+8 pontos)
Sub-20 / SPORTING CP 6-0 Campo de Ourique / 1º lugar (+1 ponto)
Juvenis / SPORTING CP 3-2 AD Oeiras / 3º lugar (= pontos)
Iniciados / SPORTING CP 2-0 Sp. Tomar / 1º lugar (+3 pontos)
Infantis / SPORTING CP 6-2 HC Sintra / 1º lugar (+2 pontos)

 

TÉNIS DE MESA

Seniores / 1º lugar
SPORTING CP 3-2 ADC Ponta Do Pargo Melhores Momentos
Diogo Chen / Bode Abiodum - Saheed Idowu / Ojo Onaolapo 1-3 (9-11, 11-9, 8-11, 8-11)
Aruna Quadri - Saheed Idowu 3-2 (11-2, 11-9, 7-11, 8-11, 11-6)
Bode Abiodum – Énio Mendes 2-3 (9-11, 7-11, 11-7, 11-2, 2-11)
Diogo Chen - Ojo Onaolapo 3-1 (11-7, 11-8, 9-11, 11-3)
Aruna Quadri – Énio Mendes 3-2 (5-11, 11-4, 12-10, 7-11, 11-5)
SPORTING CP 4-0 CD São Roque

Seniores Femininos / 6º lugar
Ala Nun'Alvares "B" 2-3 SPORTING CP
CP Alvito 0-4 SPORTING CP

Equipa B / 6º lugar
Casa Povo Serpa 1-4 SPORTING CP
Serpense 1-4 SPORTING CP

 

RUGBY

Seniores Femininos (3.º Lugar na 1.º jornada do Circuito Nacional de Sevens)
SPORTING CP 46-0 GDS Cascais
SPORTING CP 44-0 RC Tondela
SL Benfica 18-14 SPORTING CP
SPORTING CP 21-12 AEES Agrária Coimbra

 

JUDO (Grand Prix Düsseldorf)

SERGIU OLEINIC (-66kg) - 5º (perdeu o combate pela medalha de bronze) Combate Bronze
ANRI EGUTIDZE (-81kg) - 5º (perdeu o combate pela medalha de bronze) Combate Repescagem / Combate Bronze
JORGE FONSECA (-100kg) - 2ª Elim (eliminado pelo medalhado de prata)
TACIANA LIMA (-48kg) - 2ª Elim (eliminada pela 5ª classificada)

 

ATLETISMO (Campeonatos Nacionais de Lançamentos)

Seniores
VÂNIA SILVA (Lanç. Martelo) - Campeã Nacional (60.99m)
SÍLVIA CRUZ (Lanç. Dardo) - Campeã Nacional (49.09m)
LUÍS ALMEIDA (Lanç. Dardo) - Campeão Nacional (62.80m)

Sub-23
EDUJOSE LIMA (Lanç- Disco) - Campeão Nacional (54.88m) - Recode Pessoal e mínimos para o Europeu Sub-23
MIGUEL CARREIRA (Lanç. Martelo) - Campeão Nacional (65.66m)
RAFAELA MOUTINHO (Lanç. Martelo) - 2º lugar (47.05m)

Juniores
ANA FERNANDES (Lanç. Martelo) - Campeã Nacional (52.54m)
CLÁUDIA FERREIRA (Laç. Dardo) - Campeã Nacional (47.42m)

 

CICLISMO (Volta ao Alentejo) 1ª Etapa / 2ª Etapa / 3ª Etapa / 4ª Etapa / 5ª Etapa

Geral Individual
2º RINALDO NOCENTINI +00'16''
13º ALEJANDRO MARQUE +00'39''
28º FREDERICO FIGUEIREDO +01'35''
58º JESÚS EZQUERRA +13'45''
62º MÁRIO GONZALEZ +15'19''
74º SHAUN-NICK BESTER +21'02''
89º FÁBIO SILVESTRE +22'18''
119º ÓSCAR BREA +28'59''

Geral Equipas
3º SPORTING / TAVIRA +00'51''

Geral Pontos
2º RINALDO NOCENTINI 58pts

Geral Montanha
3º FREDERICO FIGUEIREDO 8pts
9º ALEJANDRO MARQUE 2pts

 

TIRO COM ARCO (Final Round do Campeonato Nacional de Sala)

Recurvo Seniores Homens
1º DAVID FONSECA
2º JORGE ALVES
Compound Seniores Homens
2º JOÃO ALMEIDA

Recurvo Seniores Senhoras
2º MARIA JOÃO PARREIRA
3º MARIA JOÃO ZAGALO
Compound Seniores Senhoras
2º ANA SANTOS

Recurvo Juniores Homens
1º FILIPE ALVES

Recurvo Juniores Senhoras
1º LILIYA DUBYEY 
2º MARIA PERES LIMA

Recurvo Veteranos Homens
2º JOSÉ BALEIZÃO

Equipas Recurvo Seniores Homens
2º SPORTING CP (JORGE ALVES, DAVID FONSECA e PEDRO NOGUEIRA)
Equipas Compound Seniores Homens
2º SPORTING CP (JOÃO ALMEIDA, NUNO FÉLIX e MIGUEL LANGAN)
Equipas Recurvo Veteranos Homens
1º SPORTING CP (JOSÉ BALEIZÃO, PAULO CASTRO e RUI ROMÃO)

Equipas Misto Recurvo Seniores
1º SPORTING CP (MARIA JOÃO PARREIRA e DAVID FONSECA)
Equipas Mistas Compound Seniores
1º SPORTING CP (ANA SANTOS e JOÃO ALMEIDA)

Equipas Misto Recurvo Juniores
1º SPORTING CP (LILIYA DUBYEY  e FILIPE ALVES)

 

POLO AQUÁTICO

Sub-17 / Salesianos 0-39 SPORTING CP

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

100º título para o futsal do Sporting

Não há muitas palavras para descrever a qualidade e natural sucesso do nosso futsal. É ver os melhores momentos dos últimos quatro dias e desfrutar. Segunda Taça da Liga em duas possíveis e 100 títulos no Museu.

Sigam-me no facebook e no twitter.

Futsal, de final em final

Hoje é dia de mais uma final para o nosso futsal. O Fundão será o nosso adversário, tal como na época passada, na final da Taça da Liga.

Esta segunda edição chega ao jogo decisivo com o Sporting a carimbar duas vitórias relativamente fáceis, sobre o Braga (6-1) e o Modicus (5-2), ambos parte de um trio que reparte a terceira posição da Liga SportZone, liderada pelo Sporting. O Fundão apresenta-se nesta final, mais uma vez tendo derrotado o Benfica (4-2), ultrapassando depois o Belenenses (5-4), a equipa que reparte com Braga e Modicus o 3º posto do campeonato.

O jogo começa às 17:30h e será transmitido em directo pela TVI24, creio que em simultâneo com a Sporting TV.

 

A dois meses da final-four da UEFA Futsal Cup, é importante este pico de forma que a Taça da Liga permite. Depois disto, vai dar para baixar os níveis de adrenalina e voltar a competir com a tranquilidade que os cinco pontos de vantagem no campeonato nos permitem

Depois teremos um mês para voltar a subir os níveis competitivos, para que nos apresentemos na competição maior da Europa em grande momento de forma.

 

Ontem, foram os lances de estratégia a resolver. Marcámos três golos dessa forma e poderemos vencer hoje com maior tranquilidade se apresentarmos semelhante eficácia.

O Fundão tem uma boa equipa e vem numa fase muito positiva, após o começo de época difícil. A equipa de Bruno Travassos venceu dez dos últimos onze jogos (precisamente os efectuados pelo novo treinador, que substituiu Adil Amarante) e vem numa série de oito vitórias consecutivas.

Será necessária atenção redobrada a Waltinho, pela sua qualidade técnica, Teka, pelo seu pontapé forte e Danny, por ter sido formado por nós e certamente querer mostrar que poderia voltar.

 

Faço intenção de lá estar para apoiar os nossos rapazes e espero testemunhar mais uma entrega de um troféu para o Museu Mundo Sporting.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Estoril 0-2 SPORTING CP: Ganhar sem deslumbrar

Há quase três meses que o Sporting não vencia três vezes consecutivas para o campeonato. Só este facto ameniza o fraco futebol que temos produzido.

Embora com exibições sofríveis, o que é certo é que a tal série de vitórias que já disse ser necessária para que a confiança melhore a nossa qualidade de jogo começa a ser construída e, finalmente, a equipa parece demonstrar novamente capacidade para segurar vantagens tangenciais e manter a baliza inviolada.

Em parte, estes últimos três jogos fazem-me lembrar dois períodos da primeira volta do ano passado em que a equipa, sem jogar bem, foi melhorando a sua auto-estima com resultados apertados e exibições menos conseguidas.

Não que ainda vamos a tempo de remediar os erros mas este final de época pode ser um impulso importante para o início da próxima.

 

O jogo voltou a pautar-se por fogachos individuas e um ou outro momento colectivo interessante. A dupla de centrais cumpriu, a de meio-campo mostrou que pode funcionar mas que precisa de mais jogos e entrosamento e os quatro homens da frente foram alternando entre eles nos momentos positivos e negativos. Dos últimos, nenhum foi consistente mas todos tiveram um ou outro momento de qualidade. 

William foi um dos melhores em campo, pese embora a primeira parte menos conseguida, Alan Ruiz voltou a ter momentos muito bons e mostra já um nível físico e um ritmo de jogo muito interessantes, Gelson esteve bem, após uma meia hora inicial terrível e Bryan fez um golo fácil, facto que é sempre de saudar, numa exibição mais positiva que o que tem sido habitual.

 

Apesar de tudo, o controlo do jogo foi maior do que em jogos anteriores e a equipa evidenciou uma capacidade no processo defensivo bem maior do que a que vem demonstrando. Sobretudo notou-se uma preocupação e cuidado maior no controlo da profundidade por parte dos laterais, do espaço entre-linhas nas transições defensivas e do aproveitamento das segundas bolas. Palhinha foi importante para este trabalho e a solidificação do processo defensivo acabará por soltar mais a equipa ofensivamente neste final de campeonato.

 

Embora me custe ver alguns jogadores no banco, entendi perfeitamente a opção de Jesus em manter praticamente o mesmo onze até final. A equipa estava a encaixar bem no Estoril, que aumentou o número de jogadores ofensivos na fase final do encontro e, por vezes, nestes jogos, é mais importante o foco dos que lá estão dentro do que a vontade dos que vêm de fora. 

Podence e Chico Geraldes terão de ter a paciência para esperar por um momento melhor da equipa para explanarem a sua qualidade sem a pressão constante dos resultados apertados e das exibições q.b. Assim que a equipa melhorar em termos exibicionais, acredito que poderão ter mais minutos, sobretudo o Chico, que ainda não se estreou.

 

Segue-se a final com o Guimarães, em casa, um dia depois dos sócios escolherem o Presidente do Sporting para os próximos quatro anos. Lá estarei no sábado, para cumprir o meu dever de sócio. No domingo, vai ter de ser pela TV.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

O dia em que o Sporting tirou o futebol feminino do "anonimato"

Começo por dizer que espero que o Sporting aproveite aquilo que ontem se passou em Alvalade para que a Europa e o Mundo saibam que em Portugal o futebol feminino está a evoluir e que, para isso, e entrada em cena do Sporting Clube de Portugal foi fundamental.

O que se passou ontem não foi normal. Estavam mais de 10 mil pessoas num estádio, em Portugal, a ver um jogo de futebol feminino do Sporting quando o jogo (em que tinham participado equipas nacionais) com maior assistência no nosso país tinha sido o Portugal - Roménia, do passado dia 21 de outubro, onde se jogou a primeira mão do playoff de acesso ao Europeu deste ano.

O número de espectadores desse jogo? 3415.

O número oficial de ontem? 9263, mas garante quem esteve que muitos mais entraram sem passar pelos torniquetes.

 

Para terem uma noção do que isto representa e da força que o Sporting tem, deixo-vos alguns números:

- O Lyon, vencedor da última edição da Champions feminina, teve uma assistência média na prova de 11.035 espectadores

- O Frankfurt, vencedor da Champions feminina em 2014/15, teve uma assistência média na prova de 2320 espectadores

- O Wolfsburg, vencedor das edições de 2012/13 e 2013/14, o melhor que conseguiu nesse período foi uma média de 5174 espectadores

- A média de espectadores da Champions feminina na temporada passada foi de 3009 espectadores. Este ano está nos 1985, embora aumente exponencialmente nas fases decisivas da prova

- A final da Champions de 2013/14, jogada no Estádio do Restelo, teve uma assistência de 11200 espectadores

- A final da Taça de Portugal da temporada passada, levou apenas 2500 pessoas ao Estádio do Jamor

Já deu para perceber o que ontem se atingiu à escala nacional e europeia do futebol feminino.

 

O jogo nem era uma final... "Apenas" um jogo importante, sabendo que ainda faltam oito para o fim da Liga. Aliás, os adeptos foram com a noção que era neste jogo que era mais provável que perdêssemos pontos mas completamente sem noção do que falta jogar. Foram para apoiar numa oportunidade rara de ver a nossa equipa feminina sem terem de se deslocar a Alcochete. E sim, a localização da Academia prejudica e muito as assistências das nossas equipas (masculinas e femininas).

Claro que nenhum dos outros jogos tem o impacto deste. Toda a gente sabe que são as duas melhores equipas e é irrealista pensar que se todos os jogos fossem em Alvalade, teríamos sempre 10 mil nas bancadas. Não teríamos. A competitividade da nossa Liga é baixa e o interesse pela maior parte dos jogos acompanha o nível de competitividade. Mas seria irrealista dizer que facilmente teríamos uma média de 3 mil espectadores, se os jogos se jogassem em Alvalade? Não, acho que não. E com bilhetes pagos (recordo que o jogo de ontem foi de entrada livre).

 

Vamos ao jogo.

Duas equipas em igualdade pontual, que apenas tinham perdido quatro pontos em todo o campeonato, dois deles no confronto directo. O Braga, com uma diferença de golos muito superior, sabia que um empate os manteria a depender exclusivamente de si para arrecadar o título. Ao Sporting, só a vitória interessava, dada a noção de que a perda de pontos até final será pouco provável (porém, possível) para ambas as equipas e que a vitória dava uma folga de três pontos mais a vantagem no confronto directo.

O jogo esteve longe de ser um hino à modalidade ou uma forte campanha para o futebol feminino (futebolísticamente falando) mas teve entrega e emoção de sobra.

Mesmo que o tenha visto pela TV, sentia-se a tensão e o peso da responsabilidade aos ombros das jogadoras. De um lado e de outro, todas tinham a noção da importância do jogo.

As equipas equivaleram-se na maior parte do jogo e o Sporting, que à semelhança do que aconteceu em Braga, teve sempre mais iniciativa de jogo e criou as melhores oportunidades para marcar (mesmo que em número reduzido), acabou por vencer com justiça, praticamente no último lance do encontro.

 

Curioso como nestes jogos as jogadoras mais influentes têm mais dificuldade em sobressair. Embora tenham estado em bom plano, Solange Carvalhas e Diana Silva tiveram dificuldades em se impor, graças à vigilância apertada das bracarenses.

A mim, mais uma vez, foi Joana Marchão quem me encheu as medidas. Inesgotável na entrega ao jogo, qualidade na maior parte das acções, tanto ofensivas como defensivas e um nível de comprometimento e entreajuda assinalável. É difícil atribuir um prémio de MVP num jogo em que é a equipa que sobressai (e tão bom que é constatar isto) mas, a fazê-lo, o meu ia para a nossa lateral esquerdo.

Ana Borges merece também uma menção, pelo que lutou e pelo que tentou sempre empurrar a equipa para a frente. Acaba por ganhar a grande penalidade precisamente por acreditar que chegaria àquela bola primeiro que qualquer outra jogadora. Meio golo, é dela.

 

Agora, directamente para o Presidente Bruno de Carvalho (que, acredito, se manterá como tal por mais quatro anos), segue um pedido. Três dos cinco jogos em casa não coincidem com os da equipa sénior masculina e é meu desejo que tenhamos mais três jogos das mulheres em Alvalade. Trate lá disso. Para o ano, agilize-se o calendário para que sejam mais frequentes os jogos em Alvalade do que na Academia.

Elas merecem isso. Por tudo. Porque desde o primeiro dia demonstram um prazer enorme em representar o Sporting. Porque se dedicam e sentem o peso da responsabilidade de nos representar de uma maneira que faz corar de vergonha muitos atletas do plantel profissional masculino. Porque apresentam resultados e qualidade. Porque acredito que seja a vontade de muitos dos adeptos e, por fim, porque tão facilmente idolatro o Rui Patrício, como o João Matos, o João Pinto, o Pedro Portela ou a Solange Carvalhas.

Porque só há um Sporting e porque o sentimento de o ver ganhar e a vontade de o ver atingir a glória é, para mim, igual no futebol masculino ou feminino, no futsal ou no ténis de mesa.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting

Digam às vossas esposas e maridos que não vão haver passeios no parque, nem no shopping. Se querem sair, passear, têm até à hora de almoço.

Hoje é dia de Sporting com uma tarde em cheio e um momento histórico, que se espera de felicidade.

 

Começamos com uma luta pela liderança. Em pleno Estádio José Alvalade, as nossas leoas do futebol feminino recebem o Braga, com quem estão em igualdade pontual. Fora a oportunidade de assistir a um momento histórico para o Sporting e para o futebol feminino em Portugal, há o compromisso que devemos assumir em dar apoio a quem tão bem nos tem representado. A entrada é livre e o jogo começa às 14:45h. Se estás em Lisboa ou arredores, não podes faltar.

 

Enquanto começamos a deitar o olho ao resultado dos juniores (futebol) ou das seniores (futsal), preparamo-nos para a meia-final da Taça da Liga de futsal. O Sporting defronta o Modicus, num embate que se espera muito difícil. Os sandinenses jogam em casa, no pavilhão que usam habitualmente e já nos dificultaram muito a vida no jogo da Liga SportZone. É no norte mas apoio não faltará. Só poderei estar amanhã, e espero que não falhemos a qualificação para a final, onde podemos revalidar o título do ano passado, na estreia da competição.

 

Tempo para ver os resultados finais dos jogos a que deitámos antes o olho, para ligar a Sporting TV em simultâneo com a Sport TV. Desenrasquem-se, e não se esqueçam que por esta hora já deve ter terminado o Grand Prix de Düsseldorf, em que se espera que Anri Egutidze faça um brilharete.

 

Às 18h o andebol recebe o ISMAI, num dia em que ABC e Benfica se defrontam e em que o Porto se desloca ao Arsenal da Devesa. É fazer a nossa parte e esperar que o resto corra de feição.

 

Na Amoreira, mais uma fortíssima onda verde (que, espero, acompanhe as restantes equipas - detesto ver o andebol às moscas) espera a equipa de Jorge Jesus.

Quero que o Chico jogue mesmo. Precisamos de capacidade para romper o autocarro do Carmona e, para isso, precisamos de mais do que dois médios defensivos ou adaptações que já se revelaram repetidamente falhadas. Adrien estará de fora dois meses e não precisamos de uma solução de recurso mas sim que uma alternativa consistente. Geraldes pode crescer muito nestes dois meses e não podemos enjeitar essa oportunidade. A qualidade dele e paixão pelo Clube e pelo jogo fará o resto (nada contra o Palhinha, que adoro, mas não é o mais adequado).

O que é certo é que não podemos falhar, porque o Iuri amanhã vai voltar a ajudar-nos.

 

O dia termina com o hóquei (descansem, dá para jantar no meio), que às 22h joga nos Açores com o Candelária. Pode ser uma deslocação traiçoeira e não podemos perder a oportunidade de nos aproximarmos do trio da frente. O Porto vai ao Turquel e a Oliveirense desloca-se ao sempre difícil terreno da Juv. Viana. Amanhã, teremos um Barcelos - Benfica, onde espero que nos possamos aproximar da liderança.

 

Que seja um grande dia de Sporting! Amanhã há mais.

 

Agenda completa AQUI.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Agenda 8.png

Grand-Prix de Duesseldorf 2017 (LINK para Ippon TV)

Sigam-me no facebook e no twitter.

Sobre o encontro de ontem...

A relação com o nosso Clube permite-nos algo que na nossa vida privada não é bem aceite pela sociedade.

A cada quadriénio, é-nos permitido escolher uma "miúda" (a partir daqui será apresentado sem aspas) com quem namoraremos e enfrentaremos os quatro anos seguintes, na esperança que ela ajude a fortalecer o nosso amor, sempre com o receio e a incerteza que cada relação acarreta.

Se a minha mulher ler isto, que fique sabendo que só neste contexto me dá para a libertinagem. Talvez este escape faça com que atitudes condenáveis como a de ontem nunca aconteçam na minha vida privada.

 

Confesso, não tinha grandes expectativas quanto à miúda nova e tinha a certeza que não me envolveria com ela mas, mesmo assim, quis ver o que tinha ela para oferecer. Vai na volta e tinha "trunfos" para me convencer e, a verdade, é que os quase 4 anos de namoro actual têm causado algum desgaste e nem tudo é perfeito. Tem sido difícil lidar com alguns defeitos dela mas, a verdade, é que temos tido bons momentos, também.

 

Para me convencer a terminar esta relação, a miúda tinha de ser mesmo boa. Muito melhor que a minha. 

Percebendo que era algo brejeira, como a actual, esperei que mostrasse algo que verdadeiramente a distinguisse pela positiva.

A miúda há semanas que se insinua. Veste um top decotado decotado e umas calças push-up e anda ali a aliciar-me. Pena que as mamas sejam pequenas e falta-lhe mais anca.

A minha esperança é que mostre inteligência, alguma cultura e, para testar isso, resolvi marcar um encontro a três. Disse à actual que seria como um teste à nossa relação. Seria melhor fazer as coisas às claras do que pelas costas. Assim como assim, ela sabia que já tinha feito merda e que, mesmo assim, eu me havia dedicado a cem por cento ao nosso amor.

 

A miúda nova veio em trajes decentes. Sabia que tinha poucos atributos para mostrar. E eu à espera que ela mostrasse que me podia fazer feliz de outra forma. A nossa procura pela perfeição nunca acaba e nunca se sabe onde encontramos a felicidade plena.

Sabendo que a perfeição não existe, pois os namoros recentes pouco feliz me fizeram, segui expectante mas sempre desconfiado, até porque a actual me fazia, de certa forma, feliz. Não a trocaria por qualquer uma, mesmo que tivesse ali uns defeitos que me irritam com'ó caraças.

 

Os trajes decentes não lhe travaram a língua. Em vez de me galar, tratou de atacar a minha miúda e isso não me caiu bem. Claro que a minha não se ficou, pois também lhe falta tento na língua e, como diz o ditado, "quem não se sente...". Aquilo deixou-me ainda mais de pé atrás mas esperei que me surpreendesse. Disse-me que era excelente dona de casa, que cozinhava lindamente, que era boa na cama...enfim...nada havia que não fizesse bem mas insistia em dizer que fazia melhor que a minha. Como se fazer melhor que a minha bastasse para me fazer feliz...

Continuei reticente. Tudo aquilo me havia dito a minha há quatro anos e eu bem sabia que era para impressionar.

Tentei perceber se todo aquele show-off tinha ponta por onde pegar. Seria bom que fosse aquilo tudo mas faltava realismo no discurso. Impressionava mas não cativava.

 

Embora goste de ir aos chineses comprar bugigangas, a minha até é poupada. Já não me impressiona como antes mas ainda me satisfaz. Descobri-lhe defeitos que ela havia inicialmente mascarado mas ainda é mais o que nos une do que os que nos separa. É trabalhadora e ainda temos bons momentos juntos. Além disso mantenho a esperança que as coisas melhorem e quatro anos mais ou menos felizes não se deitam fora por promessas ocas.

Assim como assim, para ir para pior, fico com a minha e, no próximo dia 4 lá estarei, no nosso templo, para renovar os votos.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Um ano de sucesso do projecto Sporting Olympics

Assim de repente, lembro-me de finais olímpicas, medalhas em europeus e em outras provas de relevância no panorama internacional. No atletismo, na natação, no judo, na ginástica...

O Sporting Olympics veio alavancar o Olimpismo do Clube!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Elas estão prontas. E nós?

É importante que respondamos "presente" e enchamos o sector disponível para ver o Sporting - Braga do próximo sábado, às 14:45h. Nós, que tanto pedimos uma tarde de futebol em Alvalade, temos aqui uma boa hipótese de levar a família e apoiar o nosso futebol feminino num dos jogos mais importantes da época.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Sporting europeu em queda

Têm sido semanas algo deprimentes, estas em que se realizam embates para as competições europeias. Porque são jogos emocionantes, em grandes palcos, com os melhores clubes da Europa e nós não estamos presentes.

 

Bruno de Carvalho tem conseguido fazer crescer o clube internamente, temos afrontado o poder do Benfica e, com alguma regularidade, passar o Porto para terceiro plano mas continuamos sem ter expressão europeia.

E não vale vir com a retórica que primeiro temos de ganhar cá para ganhar lá fora. O Sporting sempre fez boas prestações europeias com alguma regularidade sem que, para isso, tenha de ter sido campeão nacional.

Na verdade, não ganhamos um campeonato desde 2001/02 e, daí para cá, temos uma final da Liga Europa, uma 1/2 final da Liga Europa, uns 1/8 final da Champions, uns 1/4 final da Liga Europa e uns 1/8 final da Liga Europa.

Não é muito mas é melhor que aquilo que temos atingido nos últimos três anos, com plantéis bem competentes, diga-se.

 

A verdade é que as fracas prestações europeias afectaram e muito o nosso ranking. Manifestei aqui há uns meses a minha preocupação com a nossa posição na elite europeia. Alguns apressaram-se a, cheios de confiança, afirmar que basta que sejamos campeões todos os anos (ser campeão, actualmente dá acesso directo à Champions para os países do top 7 europeu), como se isso fosse a regra em vez da excepção.

Ora, agora é já demasiado evidente que não seremos campeões e, não estando na Europa, não amealharemos nem mais um ponto. Estamos neste momento no 54º posto do ranking e temos 6 clubes à perna que ainda este ano podem ameaçar o nosso posto actual.

 

Antes que alguém diga que "no tempo do Godinho é que era", devo já arrepiar caminho, elucidando que, quando Godinho Lopes deixou o Sporting, éramos o 33º clube da tabela. Nada de extraordinário mas mais de 20 posições acima daquela que hoje ocupamos.

E sim, o ano trágico do 7º lugar, que nos deixou fora das competições da UEFA afectou e de que maneira a nossa posição (perdemos 10 lugares) mas não é menos verdade que nunca conseguimos fazer nestes últimos três anos um ranking anual melhor que o aglomerado dos últimos cinco, daí nos encontrarmos na posição que se sabe.

Vejamos a nossa evolução no ranking nos últimos 10 anos (o ranking final de cada época corresponde ao aglomerado da época em curso com as quatro anteriores):

Evolução ranking UEFA.png

Em apenas quatro épocas, passámos de uma posição estável no top 25 para fora do top 50. Nas últimas três épocas fomos 39º, 49º e 53º do ranking em cada uma das três temporadas. Sempre a piorar, em claro contraponto com o investimento.

Vivemos num clima de exigência. Não podemos aspirar a ser como os maiores da Europa sem ganharmos no nosso país mas também não podemos enjeitar sucessivamente campanhas europeias que nos podem dar a possibilidade de ganhar o respeito e o estatuto que pretendemos.

 

Nem vou comparar com os nossos rivais directos, que têm cimentado posições entre os 10/15 melhores clubes da Europa.

Olhemos para nós. Melhoremos e tenhamos a ambição e competência necessárias para mudar este panorama. Na próxima época, provavelmente teremos pela frente um playoff na Champions, onde não seremos cabeças-de-série. Caso passemos, entraremos no pote 4 da Liga Milionária. Caso acabemos na Liga Europa, dificilmente teremos estatuto de 1º cabeça-de-série (embora aqui isto não afecte as nossas possibilidades de sucesso na competição).

É que, neste momento, estamos uma posição abaixo do Braga no ranking europeu e o Leicester, que anda a lutar pela permanência no seu campeonato e é novo nestas andanças, fez quase tantos pontos nesta época como nós nas últimas três.

 

Vale a pena olhar para isto com olhos de ver, até porque voltar ao top 20/25, pode levar umas 4/5 épocas a atingir.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

O que andam eles a fazer?

IURI MEDEIROS (Boavista) - 1994-07-10 (22 anos) - Extremo / Avançado

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 60M€

18/02/2017 (Liga NOS) - Feirense 0-1 BOAVISTA
Miguel Leal diz que "a pantera está acordada". Se está, em muito o deve a Iuri Medeiros, que simboliza as garras do felino. É ele que, de forma elegante dá beleza e objectividade ao jogo axadrezado e, com isso, acaba por ferir os adversários. Passes como o que dão o golo de Bulos não estão ao alcance de qualquer um e continuo a não acreditar como não os faz para Bas Dost, em vez de para um peruano praticamente desconhecido. Saiu aos 90+3, certamente ovacionado pelos muitos adeptos do Boavista, os terceiros a testemunhar a sua extraordinária qualidade. E nós, nada...
(MaisFutebol) Nota 3/5
(GoalPoint) Nota 6.6/10
(WhoScored) Nota 7.74/10 *MVP
Resumo do Jogo

Jogos - 19

Minutos - 1590

Golos - 3

Assistências - 6

Classificação - 8º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

TOBIAS FIGUEIREDO (CD Nacional) - 1994-02-02 (22 anos) - Defesa Central

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

20/02/2017 (Liga NOS) - Marítimo 0-0 NACIONAL
Tobias regressou ao centro da defesa e mostrou um nível mais próximo daquilo que lhe é habitual. Esteve impecável no jogo aéreo e foi o jogador com mais desarmes efectuados em campo. O nulo registado indica precisamente uma superioridade das defesas relativamente aos ataques. Tobias fez um bom jogo e jogou os 90 minutos.
(MaisFutebol) Nota 3/5
(GoalPoint) Nota 5.9/10
(WhoScored) Nota 7.03/10
Resumo do Jogo

Jogos - 17

Minutos - 1422

Golos - 1

Assistências - 0

Classificação - 17º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

ARY PAPEL (Moreirense) - 1994-03-03 (22 anos) - Extremo / Avançado

Contrato (Junho 2019 + 3) Cl. Rescisão 60M€

18/02/2017 (Liga NOS) - MOREIRENSE 1-1 Estoril
Ary Papel não saiu do banco de suplentes, num jogo em que Wallyson ficou de fora dos convocados.
Resumo do Jogo

Jogos - 0

Minutos - 0

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 16º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Vencedor da Taça da Liga

* * *

RADOSLAV PETROVIC (Rio Ave) - 1989-03-08 (27 anos) - Médio Defensivo

Contrato (Junho 2020 + 1) Cl. Rescisão 60M€

18/02/2017 (Liga NOS) - Sporting CP 1-0 RIO AVE
Emprestado pelo Sporting, Petrovic não foi a jogo, em Alvalade.
Resumo do Jogo

Jogos - 2

Minutos - 180

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 10º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Liga Europa

* * *

HELDON (Rio Ave) - 1988-11-14 (28 anos) - Extremo / Avançado

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

18/02/2017 (Liga NOS) - Sporting CP 1-0 RIO AVE
Timing perfeito para Heldon, este jogo com o Sporting. Impossibilitado de jogar, aproveitou para recuperar dos problemas físicos e está apto.
Resumo do Jogo

Jogos - 24

Minutos - 1758

Golos - 2

Assistências - 3

Classificação - 10º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Liga Europa

* * *

DOMINGOS DUARTE (Belenenses) - 1995-03-10 (21 anos) - Defesa Central

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 45M€

19/02/2017 (Liga NOS) - BELENENSES 1-1 Vitória SC
Mais um jogo em que Domingos se apresentou num bom nível. Foi o único da linha defensiva do Belém a conseguir superiorizar-se aos adversários nos duelos aéreos e foi o jogador em campo com mais desarmes (8, num total de 12 acções defensivas). Não teve problemas em "esticar" o jogo sempre que necessário, mesmo que nem sempre tenha sido bem sucedido. Fez por manter a bola longe da sua área e foi quase sempre competente nessa tarefa. Destaque para um corte limpinho a desarmar Rafael Martins que preparava um remate. Jogou os 90 minutos.
(MaisFutebol) Nota 3/5
(GoalPoint) Nota 6.2/10
(WhoScored) Nota 6.85/10
Resumo do Jogo

Jogos - 24

Minutos - 2067

Golos - 1

Assistências - 0

Classificação - 12º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

ORIOL ROSELL (Belenenses) - 1992-07-07 (24 anos) - Médio Centro

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

19/02/2017 (Liga NOS) - BELENENSES 1-1 Vitória SC
Rosell continua lesionado e não foi convocado.
Resumo do Jogo

Jogos - 15

Minutos - 848

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 12º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

CRISTIAN PONDE (Sp. Covilhã) - 1995-01-26 (21 anos) - Avançado / Ponta de Lança

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

15/02/2017 (Ledman LigaPro) - Académica 2-0 SP. COVILHÃ
Cristian entrou aos 57 minutos, numa altura em que o Covilhã estava já reduzido a 10 elementos. Tentou dar a profundidade que a saída de Erivelto, ao intervalo, tinha retirado aos serranos e dar também alguma presença ofensiva. A inferioridade numérica acabou por ser fatal

19/02/2017 (Ledman LigaPro) - U. Madeira 1-1 SP. COVILHÃ
Cristian entrou na parte final do encontro (82') para o forcing final da equipa de Filipe Gouveia, mas sem resultados práticos.

Jogos - 16

Minutos - 893

Golos - 2

Assistências - 0

Classificação - 12º na Ledman LigaPro / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

FILIPE CHABY (Sp. Covilhã) - 1994-01-22 (22 anos) - Médio Ofensivo / Médio Ala Direito

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

15/02/2017 (Ledman LigaPro) - Académica 2-0 SP. COVILHÃ
Chaby foi o únicos dos leões em campo a completar os 90 minutos, condicionados pelo facto de terem de suportar mais de meio jogo com um homem a menos.

19/02/2017 (Ledman LigaPro) - U. Madeira 1-1 SP. COVILHÃ
Num jogo de luta intensa a meio campo, Chaby não se escusou a vestir o fato de macaco. Quando foi preciso vestir o fato de gala, deu o nó na gravata e converteu de forma exemplar um livre directo, transformado num golo espectacular (monumental, foi o adjectivo utilizado pelo Jornal do Fundão - pena que não haja vídeo). Já é o segundo esta época, fora as 3/4 cobranças nos ferros. Chaby cumpriu os 90 minutos.

Jogos - 28

Minutos - 2049

Golos - 4

Assistências - 2

Classificação - 12º na Ledman LigaPro / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

SAMBINHA (Sp. Covilhã) - 1992-09-29 (24 anos) - Defesa Central

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 45M€

15/02/2017 (Ledman LigaPro) - Académica 2-0 SP. COVILHÃ
Não foi feliz, a estreia de Sambinha como titular. Jogou no centro da defesa e acabou expulso por acumulação de amarelos, após falta dura aos 41 minutos de jogo, depois de já ter sido admoestado aos 29.

19/02/2017 (Ledman LigaPro) - U. Madeira 1-1 SP. COVILHÃ
Sambinha cumpriu castigo, após expulsão na jornada anterior.

Jogos - 2

Minutos - 42

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 12º na Ledman LigaPro / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

GUILHERME OLIVEIRA (Cova da Piedade) - 1995-04-12 (21 anos) - Guarda-Redes

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

15/02/2017 (Ledman LigaPro) - Santa Clara 2-0 COVA DA PIEDADE
Guilherme Oliveira foi suplente não utilizado.

19/02/2017 (Ledman LigaPro) - COVA DA PIEDADE 1-1 Portimonense
Guilherme Oliveira ficou de fora dos convocados.

Jogos - 2

Golos Sofridos - 0

Classificação - 14º na Ledman LigaPro / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

FABRICE FOKOBO (Famalicão) - 1994-01-25 (23 anos) - Defesa Central / Médio Defensivo

Contrato (Junho 2019)

15/02/2017 (Ledman LigaPro) - Freamunde 1-0 FAMALICÃO
Fokobo não saiu do banco de suplentes.

19/02/2017 (Ledman LigaPro) - FAMALICÃO 2-1 Académica
Mesmo denotando alguma falta de ritmo de jogo, Fokobo foi titular como médio mais defensivo e fez 90 minutos de bom nível. Decisivo no início da jogada do primeiro golo, destacou-se naturalmente nos duelos defensivos.
Resumo do Jogo

Jogos - 2

Minutos - 98

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 13º na Ledman LigaPro / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * *

FEDERICO RUIZ (Sintrense) - 1989-05-15 (27 anos) - Extremo / Avançado

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 60M€

19/02/2017 (Campeonato de Portugal Prio) - SINTRENSE 0-0 Casa Pia
Ruiz continua lesionado.

Jogos - 3

Minutos - 105

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 2º na Fase de Manutenção da Série G do CPP / 3º na Série G do CPP / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

BRUNO FERNANDES (Vilafranquense) - 1997-06-30 (19 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2021)

19/02/2017 (Campeonato de Portugal Prio) - VILAFRANQUENSE 3-1 Alcanenense
Bruno Fernandes foi titular e jogou com Marokas na frente de ataque. Saiu aos 59 minutos, após expulsão de um dos de Alcanena, para refrescar a frente de ataque. Ainda a ganhar ritmo.
Resumo do Jogo

Jogos - 2

Minutos - 90

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 5º na Fase de Manutenção da Série F do CPP / 6º na Série F do CPP / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

MIGUEL LOPES (Akhisar Belediye) - 1986-12-19 (30 anos) - Defesa Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 20M€

19/02/2017 (Spor Toto Super Lig) - Besiktas 3-1 AKHISAR BELEDIYE
Jogo difícil para Miguel Lopes, numa estratégia adoptada pelo seu treinador que contemplava apenas defender e aguentar o máximo possível o poderio dos da casa. Embora maioritariamente na ala contrária, Quaresma esteve imparável. Miguel Lopes jogou os 90 minutos.
(WhoScored) Nota 6.42/10
Resumo do Jogo

Jogos - 20

Minutos - 1717

Golos - 1

Assistências - 1

Classificação - 13º na Spor Toto Super Lig / Apurado para os 1/4 final da Taça da Turquia

* * *

TEO GUTIERREZ (Rosario Central) - 1985-05-17 (31 anos) - Avançado / Ponta de Lança

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 40M€

18/02/2017 (Jogo de Preparação) - ROSARIO CENTRAL 1-2 Veléz Sarsfield
Teo fez dupla com o recuperado Marco Ruben num encontro que durou apenas 50 minutos. Os problemas na finalização continuam...
Resumo do Jogo

Jogos - 8

Minutos - 539

Golos - 1

Assistências - 1

Classificação - 22º no Campeonato Argentino / Na final da Taça da Argentina

* * *

HADI SACKO (Leeds United) - 1994-03-24 (22 anos) - Extremo Direito / Avançado

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 60M€

18/02/2017 (Championship) - Ipswich Town 1-1 LEEDS UNITED
Sacko manteve a titularidade na extrema direita e, não fosse a sua insistência acabar no golo do empate, teria tido mais uma exibição apagada. Saiu aos 78 minutos.
(WhoScored) Nota 6.65/10
(YEP) Nota 5/10
Resumo do Jogo

Jogos - 32

Minutos - 2113

Golos - 2

Assistências - 6

Classificação - 5º no Championship / Eliminado da FA Cup / Eliminado da EFL Cup

* * *

SIMEON SLAVCHEV (Lechia Gdansk) - 1993-09-25 (22 anos) - Médio Centro

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

17/02/2017 (Ekstraklasa) - Termalica Nieciecza 1-1 LECHIA GDANSK
Slavchev continua lesionado mas não é por isso que o Lechia deixa de o utilizar. Fica a dica para Bruno de Carvalho: se não se aproveitar como futebolista, temos parceiro para o Quinzas (LINK - Ekstraklasa Cup).
Resumo do Jogo

Jogos - 9

Minutos - 797

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 1º na Ekstraklasa / Eliminado da Taça da Polónia (Puchar Polski)

* * *

EWERTON (Kaiserslautern) - 1989-03-23 (27 anos) - Defesa Central

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

10/02/2017 (2. Bundesliga) - KAISERSLAUTERN 3-0 Sandhausen
Boa exibição de Ewerton, no centro da defesa do Kaiserslautern. Foi o jogador que mais desarmes fez em todo o jogo (9) e o que mais bolas aéreas ganhou na defesa (4). Conseguiram mais um jogo sem sofrer golos, algo que tem sido uma constante desde que chegou o brasileiro. Jogou os 90 minutos.
(WhoScored) Nota 7.65/10
(Kicker - 1>6) Nota 2/6
Resumo do Jogo

Jogos - 12

Minutos - 1043

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 11º na 2. Bundesliga / Eliminado da Taça da Alemanha

* * *

CARLOS MANÉ (Estugarda) - 1994-03-11 (22 anos) - Extremo / Avançado

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 60M€

17/02/2017 (2. Bundesliga) - FC Heidenheim  1-2 ESTUGARDA
Jogo fraco de ambos os extremos do Estugarda. Mané não esteve bem mas, ainda assim, um furo acima de Asano, talvez o menos inspirado em campo. Pela capacidade de gerir os ritmos de jogo, por ajudar bastante a defender e por ter mais golo que o japonês, não foi de estranhar vê-lo cumprir os 90 minutos. Falhou um golo "feito".
(WhoScored) Nota 6.58/10
(Kicker - 1>6) Nota 4/6
Resumo do Jogo / Best of 2016/17

Jogos - 15

Minutos - 1259

Golos - 5

Assistências - 5

Classificação - 1º na 2. Bundesliga / Eliminado da DFB Pokal

* * *

JONATHAN SILVA (Boca Juniors) - 1994-06-29 (22 anos) - Lateral Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

18/02/2017 (Jogo de Preparação) - BOCA JUNIORS 1-1 Tigre (Titulares) / BOCA JUNIORS 2-0 Tigre (Suplentes)
Insaurralde e Jonathan foram mesmo suspensos da competição por 15 dias, período durante o qual não receberão salário. Voltarão ainda assim a tempo do regresso aos jogos oficiais.

Jogos - 8

Minutos - 550

Golos - 0

Assistências - 2

Classificação - 1º na Primera División / Eliminado da Taça da Argentina

* * *

LUKAS SPALVIS (Rosenborg) - 1994-07-27 (22 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 45M€

Segue a preparação do campeão norueguês. O próximo jogo de preparação será no dia 25.

Jogos - 0

Minutos - 0

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - Época ainda não começou na Noruega

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

SPORTING CP 1-0 Rio Ave: sofrimento deu fruto graças ao Senhor 400

Dificilmente haveria melhor forma de Rui Patrício celebrar 400 jogos oficiais de leão ao peito. Uma exibição imaculada, com um punhado de exibições difíceis e decisivas permitiu a conquista dos três pontos, oferecidos pelo pé direito de Alan Ruiz e as luvas do nosso "Marrazes".

 

O jogo voltou a ser sofrível, muito graças à nossa falta de qualidade na saída para o ataque e na transição defensiva. Passámos a primeira parte toda a sofrer contra-ataque e ataques rápidos, sobretudo por culpa da nossa deficiente primeira fase de construção. Saímos sempre a jogar mal e entregámos a bola ao adversário que, em dois/três toques se colocava em posição de finalizar. 

Não fosse Rui Patrício e, em meia hora, o resultado já podia estar desnivelado por mais de um golo a favor dos vila-condenses. O nosso 'redes' disse "não" a todos quantos lhe apareceram pela frente.

 

Impossível não falar dos nossos laterais, ambos muito fracos, tanto e defender quanto a atacar. Dificuldades no passe, no posicionamento, desatenções constantes...uma desgraça.

William continua a meio-gás e a primeira parte foi miserável. Adrien tenta correr pelos dois.

Os nossos extremos tiveram muita dificuldade em servir Bas Dost, que nem chegou a aparecer em campo.

 

Salvaram-se os três pontos, numa exibição que raras vezes nos permite amealhar tantos e quase sempre nos deixa aziados.

Uma noite que valeu pelo Senhor 400 e que não deve deixar de merecer análise profunda por parte de jogadores e equipa técnica. Para manter a série de vitórias, vai ser necessário fazer mais e melhor.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting

O Sporting ainda não venceu dois jogos consecutivos em 2017 e desde 8 de janeiro que não completa uma série de 2 jogos consecutivos a vencer para o campeonato. Mesmo assim, em casa, temos 8 vitórias em 10 jogos e é onde temos sido mais consistentes (o registo fora de casa é vergonhoso, mas não vou falar dele hoje).

 

O adversário de hoje é o Rio Ave que, em sua casa nos infligiu a maior derrota desta época e a única que ultrapassou a vantagem tangencial.

São, como disse Jesus ontem, uma boa equipa, com uma boa organização defensiva e boas movimentações ofensivas. Virão a Alvalade desfalcados de Heldon (já recuperado da lesão mas emprestado pelo Sporting), Petrovic (que se tem imposto como titular mas está também por empréstimo nos vila-condenses) e também de Yazalde (lesionado).

Em foco tentarão estar Gil Dias, Rúben Ribeiro, Gonçalo Paciência e Rafa Soares, aqueles que, a meu ver, mais podem criar perigo, em conjunto com Tarantini, Marcelo e Roderick, perigosos nas bolas paradas.

No entanto, os vila-condenses não têm sido felizes nos jogos fora e não vencem fora de portas para o campeonato desde 29 de dezembro, quando venceram em Braga. Daí para cá, quatro derrotas em outros tantos jogos, apesar de terem marcado em quase todos os jogos fora de portas (apenas em 2 dos 10 não fizeram golos).

 

O Sporting apresentar-se-á na máxima força e com todo o plantel disponível para Jorge Jesus que, acredito, elegerá um onze diferente daquele que jogou em Moreira de Cónegos.

A primeira parte voltou a ser fraca e houve jogadores a dar novamente um sinal claro de falta de forma. Acredito que Jesus não ignorará isso e fará alinhar os mais preparados.

Espero ver Podence no onze e acho que está na altura de Semedo dar o lugar a Paulo Oliveira. Principalmente estes, merecem jogar de início, ainda que me apetecesse mexer na laterais, onde as alternativas escasseiam.

 

Que voltemos a vencer e saiamos no encalce da melhor série de vitórias da época (4, entre 13 de agosto e 10 de setembro, precisamente no arranque da Liga), melhorando esse registo até às 14, o único número que nos permitirá sonhar com uma classificação melhor do que a que ocupamos neste momento.

 

Uma nota importante: que Rui Patrício não sofra golos no dia em que completará 400 jogos oficiais pelo Sporting e...na, na, na, na, na, na, na, na, BAS DOST!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Agenda 8.png

Agenda 9.png

Agenda 10.png

Sigam-me no facebook e no twitter.

Um mês de reflexão

Começando na remodelação do plantel principal de futebol, passando pela alteração do comando técnico no andebol e terminando nas saídas de ontem, de João de Deus na equipa B e de José Trindade, no comando da secção de hóquei em patins, tivemos neste início de ano um período de análise interna.

 

Parece-me óbvio que esta inflexão é o assumir do falhanço dos projectos em três das principais modalidades e, porque não, um sinal de uma certa tentativa de mostrar, em período pré-eleitoral, que não se anda a "dormir" em Alvalade e se está atento àquilo que tem corrido bem e menos bem.

Quando falo em falhanço, não o considero na totalidade. Concordo com o investimento feito nas diversas modalidades, em todos os casos dotando as equipas de grandes executantes mas o falhanço numa das pedras base de cada projecto é, por vezes, o suficiente para que jogadores de inegável qualidade não consigam suplantar expectativas e obter os resultados desejados.

 

O futebol foi vítima de uma época mal preparada e sobretudo de uma política de contratações totalmente falhada. Não se reforçaram posições prioritárias e falharam a maioria dos reforços, não correspondendo ao aumento de qualidade que o aumento do investimento fazia prever. Aguardo pela política de contratações do próximo verão e pela preparação da próxima época para tirar conclusões definitivas sobre o caminho a seguir daqui para a frente.

 

O andebol, embora estruturalmente não tenha sido alvo de mudanças profundas nos últimos anos, apostou num treinador caro e com currículo, que não justificou minimamente a aposta, chegando mesmo ao cúmulo de, com um orçamento substancialmente superior e jogadores com grande currículo internacional não conseguir elevar o projecto para outros patamares. Falhámos na escolha do treinador e teremos agora de corrigir isso. Se o Professor Hugo Canela, que tem aqui uma oportunidade de ouro mas, ao mesmo tempo, um presente envenenado, se mostrar competente, pode mesmo estar encontrada a solução mas confesso que o nome de Carlos Resende me agrada. Há três títulos para vencer e só um deles (o mais importante, eu sei) parece verdadeiramente difícil, embora a diferença pontual não seja irrecuperável. Boa sorte ao Hugo Canela e à sua equipa técnica!

 

No hóquei, parece-me que José Trindade é vítima óbvia do erro colossal de secretaria que nos tirou três pontos após um jogo ganho. Acertou-se no treinador, deu-se-lhe um plantel equilibrado e de qualidade, mas parece faltar algo na estrutura, onde agora se mexe, ainda sem saber o que o futuro nos reserva. Será que Gilberto Borges, depois de ter perdido poder na estrutura, volta a assumir a sua direcção?

 

O problema da equipa B é mais complexo e tem várias motivações, desde logo as limitações impostas pelas dificuldades em formar um plantel de futuro e com qualidade, tendo em conta que os mais dotados das épocas anteriores precisavam de respirar um ar diferente do da Academia e que a própria Academia não tinha conseguido trazer ao mais alto patamar de formação uma quantidade suficiente de jogadores com qualidade e capacidade para enfrentar o salto para o profissionalismo. Isto, aliado a apostas completamente falhadas no mercado de verão, deram a João de Deus um plantel totalmente novo, frágil, fraco e, desde o início, sem a química que só uma base da nossa formação lhe dá. Não desresponsabilizo João de Deus, que podia ter feito melhor, mas entendo que era uma tarefa muito complicada e acabo por compreender a sua saída, tendo em conta que não estava a conseguir lidar da melhor forma com o problema. Com tudo isto, acho essencial que agradeçamos a João de Deus (eu agradeço), pois acho que foi peça fundamental na subida ao mais alto patamar de jogadores como Gelson Martins, ou os mais recentemente promovidos, Podence, Palhinha e Francisco Geraldes.

Para salvar esta época e manter a esperança no projecto, que acredito que ganhará nova vida com as gerações que aí vêm da equipa de juniores, acho que até seria benéfico fazer alinhar já pela equipa B a maior parte daqueles que acabarão por fazer parte do plantel em 2017/18, mesmo sabendo que isso poderá pôr em risco o sucesso desportivo da equipa de Tiago Fernandes. É mais importante salvar a B da descida do que vencer um campeonato de juniores.

 

Como é óbvio, escapa o futsal, que mantém todos os objectivos intactos (excepto a Supertaça, perdida para o principal rival) e uma estrutura forte, sólida e ganhadora e se mantém um exemplo a seguir em todas as estruturas do Clube.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal